Dilma não resiste a qualquer análise

“O Brasil perdeu a batalha para redução da desigualdade nos primeiros quatro anos desta década”, noticia o Estadão, acerca do Radar IDHM, estudo feito em parceria pelo Ipea, ONU e Fundação João Pinheiro, a partir de dados da Pnad.

O período analisado coincide com o primeiro mandato de Dilma — é anterior, portanto, à deflagração da crise.

Qual pode ser a desculpa?

Faça o primeiro comentário