Dilma para historiadores

Mônica Bergamo diz que Dilma resolveu dividir sua carta sobre o impeachment em duas partes. A primeira será enviada ao Senado nos próximos dias e a segunda parte será divulgada no dia do seu afastamento.

Segundo aliados, será “um documento para a história” e que, obviamente, falará que a petista foi “vítima de um golpe”.

A história registrará que o impeachment de Dilma foi um golpe de sorte para os brasileiros.

Faça o primeiro comentário