Dilma prometeu a Cunha votos dos três petistas e declaração de apoio

Dilma Rousseff ofereceu a Eduardo Cunha os votos dos três petistas no Conselho de Ética.

Segundo a Veja, “até o último minuto, o governo tentou negociar com o peemedebista. Emissário do ministro da Casa Civil Jacques Wagner, o deputado José Mentor esteve ao longo da tarde no gabinete de Cunha para tentar reverter a decisão. De acordo com fontes ouvidas pelo site da Veja, o governo ofereceu a Cunha os votos dos três petistas no Conselho de Ética e mais: uma declaração pública em apoio a ele.

Cunha, porém, avaliou que o ‘abraço’ que deu no PT não tinha lógica. E não confiou que o partido fosse cumprir o acordo, já que nessa mesma tarde a bancada petista afirmou que votaria contra Cunha no Conselho de Ética. Aliados do peemedebista afirmam que o presidente da Câmara se queixou de que o ‘governo não entrega o que promete'”.

Faça o primeiro comentário