​Dilma sonhava com o Congresso de joelhos

Delcídio Amaral disse a Claudio Tognolli que, no início da Lava Jato, os “conselheiros palacianos” de Dilma Rousseff garantiram a ela que a operação faria uma grande limpeza no Congresso, na oposição e no próprio PT e, então, ela teria o “Congresso de joelhos, para votar o que fosse necessário” e iniciar o “verdadeiro mandato Dilma”.

“A vida é implacável com quem dorme”, avalia, hoje, Delcídio.

Felizmente, os conselheiros estavam parcialmente certos.

Faça o primeiro comentário