Dilma retira a maquiagem… ou não?

O governo enviará ao Congresso a proposta de Orçamento de União de 2016 com previsão de déficit. Como a ideia de recriar a CPMF foi enterrada, não restou à equipe econômica outra saída. A “receita futura” que poderia ser obtida com o imposto cobriria o rombo, ao menos do ponto de vista formal. Sem ela, é preciso lidar com a realidade.

Assessores do governo garantem que o orçamento será realista e transparente. O Antagonista não acredita em assessores do governo que tentam criar manchetes positivas, geralmente usadas para maquiar alguma traquinagem maior.