Dilma Rousseff defende a CPMF e o fim da CPMF

Os petistas já estão desistindo da CPMF.

Quanto tempo durou? Um dia? Dois dias?

A Folha de S. Paulo informa que, “diante de reações negativas, a equipe da presidente Dilma Rousseff passou a defender fortemente que o governo recue da decisão de propor a recriação de CPMF”.

Mais:

“Uma reunião foi chamada neste sábado no Palácio da Alvorada para bater o martelo. Auxiliares presidenciais que na sexta-feira defendiam a proposta hoje já falam que não há alternativa a não ser recuar”.

Exatamente: as convicções dos auxiliares de Dilma Rousseff são tão fortes e fundamentadas que um dia eles defendem uma coisa, no dia seguinte defendem o oposto. E defendem “fortemente”.

Um “interlocutor presidencial”, rigorosamente anônimo, disse à reportagem:

“Melhor ficar com o bicho menor, que é o deficit nas contas”.

Faça o primeiro comentário