Dilma sabia do Petrolão

Pedro Corrêa vai contar à Lava Jato que o Palácio do Planalto sabia do escândalo na Petrobras.

Esse é um dos pontos centrais de seu possível acordo de delação premiada, segundo a Época.

Ele promete também implicar ex-ministros petistas do primeiro mandato de Dilma Rousseff. O PP de Pedro Corrêa, como disse Paulo Roberto Costa, cedeu dois milhões de reais em propina à campanha de Dilma, a pedido de Antonio Palocci.

Agora Pedro Corrêa só tem de convencer Rodrigo Janot a ouvi-lo. Não vai ser tão fácil assim.

Faça o primeiro comentário