Dilma “sempre esteve a par” de Pasadena

Dilma Rousseff também foi citada por Nestor Cerveró em seus relatos à Lava Jato.

Um trecho reproduzido pela Veja diz:

“Dilma incentivou Nestor Cerveró para acelerar as tratativas sobre Pasadena e sempre esteve a par de tudo que ocorreu na compra daquela refinaria”.

Faça o primeiro comentário