Dilma será investigada

As denúncias de Delcídio Amaral contra Dilma Rousseff devem resultar na abertura de um inquérito contra ela.

Segundo O Globo, a Procuradoria-Geral da República considera que os argumentos usados para poupá-la no ano passado não valem nesse caso, porque ela nomeou o ministro Ribeiro Dantas para o STJ durante o segundo mandato, com o único propósito de soltar da cadeia os presidentes da Odebrecht e da Andrade Gutierrez.

Dilma Rousseff perdeu Rodrigo Janot.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;

Ler 1 comentários