Dilma tem de ser enxotada do Palácio do Planalto

Dilma Rousseff convocou os repórteres para uma entrevista coletiva e disse:

“A renúncia é um ato voluntário. Aqueles que querem a renúncia estão reconhecendo que não há uma base real para pedir a minha saída desse cargo. Portanto, por interesses políticos de quem quer que seja, por definições de quem quer que seja, eu não sairei desse cargo sem que haja motivo para tal”.

Ela está certa.

O Antagonista sempre foi contrário à sua renúncia.

Dilma Rousseff tem de ser enxotada da presidência da República, com o voto praticamente unânime do Congresso Nacional.

Sobre a ideia de acolher o fugitivo Lula em seu ministério, ela respondeu:

“Teria o maior orgulho de ter o presidente Lula no meu governo porque ele é uma pessoa com experiência, com grande capacidade de formulação de políticas – e estou dizendo da capacidade gerencial do presidente Lula – e por isso posso garantir que teria um orgulho de tê-lo no meu governo. Mas não vou discutir com você se ele vai ser ou não vai ser”.

No dia 13, vamos enterrar essa gente.

Faça o primeiro comentário