Dinheiro do Petrolão na campanha de Dilma

O dono da cervejaria Itaipava, Walter Faria, é um dos maiores doadores do PT.

Em 2014, ele deu ao partido sete vezes mais do que a Ambev e duas vezes mais do que o Bradesco.

Foram 30 milhões de reais, quase todos destinados à campanha de Dilma Rousseff.

Agora a Lava Jato descobriu, segundo a IstoÉ, que o dinheiro doado por Walter Faria à campanha de Dilma Rousseff foi roubado da Petrobras.

Os investigadores encontraram nos documentos bancários entregues pelo delator Julio Camargo quatro repasses à offshore Headliner, num total de 3 milhões de dólares. A Headliner foi usada por Walter Faria como entreposto de suas negociatas no exterior. Foi usada também, como se descobriu agora, para lavar e distribuir a propina do Petrolão.

Um procurador disse à reportagem:

“Está provado que Walter Faria é dono da conta que recebeu dinheiro do Petrolão e que depois disso ele promoveu uma série de manobras bancárias na Suíça e no Uruguai com o objetivo de dificultar qualquer rastreamento sobre os recursos não declarados”.

Cerveja com gostinho de petróleo

200