ACESSE

Dinheiro do fundo da Lava Jato pode voltar aos EUA

Telegram

A força-tarefa da Lava Jato informou que os R$ 2,5 bilhões depositados no Brasil pela Petrobras poderão voltar para os Estados Unidos com a suspensão do acordo realizado entre a companhia e o Ministério Público Federal no Paraná.

Mais cedo, o ministro Alexandre de Moraes, do STF, suspendeu o acordo, atendendo a pedido liminar da Procuradoria Geral da República, órgão de cúpula do MPF.

“Eventual suspensão da decisão de homologação ocasionaria um grave dano à sociedade brasileira. Isso porque a suspensão da homologação do acordo faria com que deixasse de existir um acordo exigível no Brasil e, consequentemente, o valor de aproximadamente R$ 2,5 bilhões tivesse que ser pago às autoridades norte-americanas, privando os brasileiros de usufruir de tão
substancial quantia”, diz ofício protocolado na 13ª Vara Federal de Curitiba.

O dinheiro foi liberado pelo Departamento de Justiça dos EUA, num acordo com a Petrobras para reparar danos causados pelos desvios ocasionados pelo esquema de corrupção.

Lava Jato na mira Confira

Comentários

  • antonio -

    PGR é cumplice disso. Presidente tem que nomear Dallagnol PGR em julho

  • Fernando -

    acho que o ministro alexandre deveria pagar o prejuízo

  • CARMEN -

    Se é para ficar em supremas mãos é melhor mesmo que volte aos eua . Lá saberão fazer melhor uso que os togados.

Ler 101 comentários