​DINHEIRO PARA DILMA 2014

O anexo da delação de Léo Pinheiro dedicado a Dilma trata de um assunto bem conhecido da Lava Jato: o pagamento de 718.000 reais para o caixa 2 da campanha de 2014, por intermédio de Edinho Silva, informa a Veja.

“O governo determinou a elaboração de um contrato fictício de prestação de serviços relacionados a ações de publicidade e pesquisa interativa com a agência de comunicação Pepper (…) para o pagamento de despesas de campanha da presidente Dilma”, diz trecho da delação de Pinheiro.

Danielle Fonteles, sócia da Pepper, negocia delação premiada, em que deve entregar mais sobre Dilma — e também Fernando Pimentel.

Faça o primeiro comentário