ACESSE

Dinheiro recuperado pela Lava Jato abastece ações na Amazônia

Telegram

Por acordo homologado por Alexandre de Moraes, R$ 630 milhões recuperados pela Lava Jato devem ser usados para financiar ações de fiscalização e combate a incêndios na Amazônia.

Segundo o Estadão, R$ 530 milhões, o equivalente a 84%, foram destinados ao Ministério da Defesa.

Do valor, R$ 494 milhões foram carimbados como recurso voltado à “proteção, fiscalização e combate a ilícitos na Amazônia Legal”.

Os demais R$ 36 milhões foram reservados para a Operação Verde Brasil 2, pela qual as Forças Armadas atuam no enfreamento de incêndios e desmatamento.

Os R$ 100 milhões restantes do acordo foram divididos da seguinte forma: R$ 50 milhões para o Ibama, R$ 35 milhões para o Incra e R$ 15 milhões para o Ministério da Agricultura.

Leia mais: Por que eles saem da crise ganhando

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 13 comentários