Dinheiro sujo: “por fora” e “por dentro”

Alguns leitores estão confusos: o Estadão publicou que Ricardo Pessoa repassou 3,6 milhões de reais em dinheiro sujo para o caixa 2 da campanha de Dilma Rousseff. Há até uma planilha intitulada “Pagamentos ao PT por caixa dois”. A Veja, por sua vez, forneceu valores bem mais altos de dinheiro sujo, só que repassados “por dentro” para campanhas de 18 políticos.

A conclusão lógica é que Ricardo Pessoa alimentou campanhas “por fora” e “por dentro”, mas sempre com dinheiro sujo. O Estadão teve acesso a uma parte da delação premiada e a Veja, a outra, até o momento.

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200