Dinheiro vem do trabalho como DJ, diz advogado de suspeito

Telegram

Ariovaldo Moreira, advogado de Gustavo Henrique Elias Santos e Suelen Priscila de Oliveira, disse há pouco que os R$ 100 mil em espécie encontrados na casa de seu cliente vêm do trabalho dele como DJ.

O advogado também negou a participação de Gustavo na interceptação e no vazamento das mensagens.

Comentários

  • Immo -

    Agora a imprensa em nome da liberdade se alia a bandidagem! Estamos todos presos à mentira. Clara que imprensa assim é o fim da mundo.

  • Afonso -

    Só rindo das conversas de advogados: o dinheiro é do DJ, recebeu de esmolas, vendia café na rua, limão na feira, etc. Kkkkkkkkk

  • Lucas -

    Alguém sabe de curso de formação profissional pra DJ?? Quero entrar na profissão também!!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Ler 109 comentários