‘Diplomacia Maradona’ aproxima Bolsonaro de Fernández

‘Diplomacia Maradona’ aproxima Bolsonaro de Fernández
Foto: Marcos Corrêa/PR

O Itamaraty assinou o livro de condolências aberto pela embaixada da Argentina no Brasil em razão da morte de Diego Maradona. O gesto, diz a Crusoé, foi bem recebido pelo país vizinho e marca uma tentativa de reaproximação entre as duas potências da América do Sul.

“A cortesia da diplomacia brasileira ocorreu na mesma semana em que Jair Bolsonaro se encontrou com Alberto Fernández por videoconferência no Dia da Amizade Argentino-Brasileira, data em que o chefe do Planalto expressou diretamente seus pêsames ao mandatário argentino.”

Leia aqui a íntegra da nota.

Leia mais: Crusoé traz os bastidores da disputa de João Doria e Luciano Huck para a eleição de 2022
Mais notícias
TOPO