Dirceu "Duty Free"

Telegram

O jatinho Citation prefixo PT-XIB foi alvo de diversas operações de compra e venda a preços fora de mercado, com fortes suspeitas de lavagem de dinheiro. Antes de José Dirceu, a aeronave passou pelas mãos de Ricardo Teixeira, da CBF, e de Rui Aquino, da Flex Aero, ex-TAM Táxi Aéreo.

O Antagonista descobriu agora outro antigo dono: a Brasif Duty Free, que vendeu para a Dufry sua participação nos free shops de grandes aeroportos do País. Em seu depoimento à PF, ao ser questionado sobre anotações relacionadas à Dufry, Luiz Eduardo, irmão de Dirceu, disse apenas que a JD Consultoria tinha interesse em projetos de inserção da empresa no Brasil. A Brasif pertence ao empresário Jonas Barcellos.

É um pássaro? É um avião? Não, é uma laranja aérea.