Direto da comissão: Paulo Teixeira desistiu

A esta altura, a plaquinha de “Não vai ter golpe”, que o deputado petista Paulo Teixeira ostentava,foi esquecida no chão.

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 18 comentários
  1. Que piada nacional!…rs Estamos desde de 15 de março de 2015 nas ruas e não é para oportunistas não fazerem o que a sociedade civil pede. Mudança elaborada e debatida com o tempo certo para nova constituinte. Isso não passa nem de brincadeira!

  2. Dilma vai cair apesar dos traíras da nação instalados no Parlamento, do PT causador da bancarrota do Brasil, do STF impostor e, finalmente, da PGR vilã. Será a maior VITÓRIA do POVO BRASILEIRO. O POVO nas ruas massivamente, derrotará o PT é se preciso for, arrancar a Dilma da PRESIDÊNCIA. Somos muitos. Marchemos a Brasília. Ocupemos o DF. A Sorte está lançada! Brasileiros ás ruas e deixar para nossos descendentes um legado de brasilidade, honra e Justiça! Viva Moro! Viva Força Tarefa Da Lava Jato. Ergamos nossa bandeira verde e amarela no mais alto garlhadão da história do Brasil. NÓS PODEMOS

  3. É preciso soltar urgente as gravações em poder da Polícia Federal e acabar de vez com essa quadrilha. Com provas irrefutáveis o STF vai ter de agir e parar de proteger o chefe, o patrão deles.

  4. O que é melhor? 1) Votar a favor de 90% do Povo (pró-impeachment), ser considerado herói nacional e assim garantir vários anos sendo eleito, ou; 2) Ganhar algo agora (pixuleco da bactéria) e depois não ganhar eleição nem pra síndico de prédio. Na pele de um deputado eu gostaria mil vezes de ser considerado um herói nacional e me eleger várias vezes, por isso não há dúvida… Impeachment já !!!!!!!!!!!

  5. Muita gente não entende a razão de o PMDB estar presente em todos os governos. A explicação é simples: sem o PMDB ninguém governa. O PMDB não é apenas o maior partido do país. Ele também é o que detém, em média, os quadros políticos mais influentes. Queira-se ou não.