Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Diretor da PF comprou e quitou em um ano imóvel de luxo em Miami, diz site

Paulo Maiurino e sua mulher, assessora parlamentar, adquiriram apartamento de R$ 3,5 milhões nos EUA; salário líquido do delegado é estimado em R$ 25 mil
Diretor da PF comprou e quitou em um ano imóvel de luxo em Miami, diz site
Foto: ADPF

O diretor-geral da Polícia Federal, Paulo Maiurino (foto), comprou e quitou em 16 meses um apartamento de US$ 675 mil (R$ 3,5 milhões) em Miami Beach, nos EUA. O financiamento foi de US$ 337,5 mil, R$ 1,9 milhão pelo câmbio de hoje, informa o site Metrópoles.

De acordo com a reportagem do site, o expediente é incomum porque, na modalidade escolhida, Maiurino pagou mais, entre taxas do banco e juros. A operação, por outro lado, desperta menos a atenção das autoridades dos EUA que fiscalizam a origem do dinheiro de compras à vista.

A compra do imóvel de luxo foi feita em 2016. O salário bruto de um delegado federal de classe especial, atual posição hierárquica de Maiurino, é de R$ 31 mil (R$ 25 mil líquidos). O chefe da Polícia Federal é casado com Renata Veit, assessora do gabinete do deputado Bacelar (Podemos-BA), cujo rendimento líquido foi de R$ 6,2 mil no mês passado.

Segundo o Metrópoles, o apartamento em Miami Beach comprado por Maiurino e Veit requer o pagamento de imposto anual semelhante ao IPTU, de 1,8% do valor do imóvel —o equivalente a US$ 12.150, ou R$ 66,8 mil, valor próximo ao que a assessora recebe em um ano inteiro.

Há ainda a taxa de condomínio, que é de US$ 1.000 por mês (cerca de R$ 5,5 mil mensais, ou R$ 66 mil anuais). Somando esses dois gastos, o apartamento custa ao casal R$ 132,8 mil por ano.

Procurado pelo site brasiliense, o diretor-geral da PF se recusou a informar a origem do dinheiro para comprar o apartamento.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....