Exclusivo: Diretor jurídico da J&F detalha propina a Gabriel Guimarães

Em anexo complementar entregue à PGR e obtido por O Antagonista, o delator Francisco de Assis e Silva disse que Joesley Batista o apresentou ao petista Gabriel Guimarães, na sede da J&F.

Ele confirmou que, a partir de 2013, foram feitos pagamentos no valor de R$ 5,6 milhões ao escritório Andrade, Antunes e Henrique Advogados.

“Recebi de Joesley a determinação de regularizar estes pagamentos, uma vez que não havia notas ou contratos (…) Gabriel sugeriu pactuar um contrato, por meio do qual seu escritório prestaria alguns serviços de consultoria nas fábricas de Minas Gerais.”

Gabriel é filho de Virgílio Guimarães, que apresentou Marcos Valério à cúpula do PT em 2002.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

  1. Ler mais 14 comentários
    1. Antagonista, esquece isso, o mote de defesa geral foi dado hoje pela 2° turma, denuncia baseada em delação, pronto libera. Para quê colher depoimentos de delatores? Perde de tempo e dinheiro. Liberou geral, quem puder, roube enquanto é tempo.