Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Diretórios tucanos de 4 estados contestam nota do PSDB-SP

Integrantes do partido em MG, RS, BA e CE apontam 'filiação irregular de prefeitos e subprefeitos de SP'; reduto de Doria, diretório paulista nega acusações
Diretórios tucanos de 4 estados contestam nota do PSDB-SP
Foto: Reprodução/redes sociais

Os presidentes dos diretórios do PSDB na Bahia, no Ceará, em Minas Gerais e no Rio Grande do Sul enviaram a O Antagonista uma nota em que contestam comunicado dos tucanos de São Paulo sobre as prévias do partido.

Membros dos diretórios dos quatro estados, que apoiam Eduardo Leite na disputa interna do partido, foram à sede do diretório nacional em Brasília, onde entregaram documentos que indicariam a “filiação irregular de prefeitos e subprefeitos de São Paulo”.

Reduto de João Doria (na foto, com Leite, seu adversário na disputa), o PSDB-SP negou a acusação, alegando que as mais de 120 filiações realizadas em 2021 são regulares e seguem o disposto no estatuto partidário.

Leia, abaixo, a nota assinada pelos quatro diretórios estaduais tucanos:

“Em resposta à nota do PSDB de SP esclarecemos que:

Prévias partidárias têm regras democraticamente aprovadas que devem ser seguidas por todos. Entre essas, está a data-limite para filiações, exatamente para impedir que o peso de uma máquina administrativa ou do poder econômico favoreça um candidato em detrimento dos outros.

É notório e de conhecimento público, inclusive por ampla cobertura de imprensa, que as filiações de prefeitos e vice-prefeitos constantes na representação por nós encaminhada ao Diretório Nacional foram feitas fora do prazo legal, o que os inabilita ao exercício do voto nessas prévias.

Consideramos que insistir nessa questão, com argumentos tão frágeis e inconsistentes, é na verdade prestar um enorme desserviço ao partido.

Confiamos que a Executiva Nacional do partido, quando chamada a se manifestar sobre essa questão, decidirá pelo respeito às regras por ela mesma aprovadas e pela moralidade da disputa.

Aguardaremos a manifestação do Presidente Bruno Araújo, que conhece bem a questão, para decidirmos quais as providências que iremos tomar para preservar o PSDB e a vontade da maioria dos seus membros.

Presidentes estaduais dos diretórios da BA, CE, MG e RS.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO