Dirigentes do PSL atuam para barrar volta de Bolsonaro ao partido

Dirigentes do PSL atuam para barrar volta de Bolsonaro ao partido
Foto: Adriano Machado/Crusoé

Lideranças municipais do PSL em São Paulo encaminharm ofícios ao presidente nacional do partido, Luciano Bivar, para manifestar “repúdio absoluto” à possibilidade de retorno do presidente Jair Bolsonaro à sigla, diz o Estadão.

Na semana passada, Bolsonaro disse que deve decidir até o fim do mês sobre seu próximo partido.

Muitos dos signatários dos ofícios são próximos do deputado Júnior Bozzella, que comanda o PSL de São Paulo e é um dos expoentes da ala contrária ao presidente.

Manifestamos nosso total e absoluto repúdio a essa possibilidade (de volta de Bolsonaro ao PSL), o que, sem qualquer dúvida, não apenas não coadunaria com os valores e princípios partidários, como também feriria a honra de todos nossos correligionários, que foram diretamente e brutalmente afetados pelos atos e dizeres do referido cidadão acerca da nossa legenda e correligionários.”

Bolsonaro também negocia com partidos como o Patriota, o PTB e o Progressistas.

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO