Discurso afinado

Assim como Marcos Montes, o líder do PMDB, Baleia Rossi, veio a público dizer que a reforma da Previdência não passa na Câmara.

“Hoje o governo não tem os votos necessários para aprovar uma PEC”, disse o peemedebista, em entrevista coletiva.

A “prioridade número um do governo” –como diziam aliados logo depois da rejeição da segunda denúncia contra Temer– precisa dos votos de 308 dos 513 deputados. E, a menos de um ano das eleições, sua impopularidade pesa.

No final de outubro, como O Antagonista registrou, o PR já tinha pulado fora.

 

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler 16 comentários
  1. Acho que o Temer macaco velho como e, ira acenar com a privatizacao de Eletrobras, famoso ninho de corrupcao do PMDB e de seus partidos asseclas… assim convence a bancada a votar a reforma da previdencia…kkkkk

  2. Filho de Wagner Rossi, que enriqueceu nas mãos de Temer? É, “tá dificil! Tá complicado!”

  3. Eu e poucos fomos os únicos que estivemos aqui dia e noite mostrando passo a passo como o Temer perdia a cada momento a legitimidade para aprovar uma reforma do porte da Previdência. Apontamos o porque de o mercado ter se auto iludido (porque a previdência era o bote de salvação) e destrinchamos em detalhes as fraquezas deste desgoverno. Não é que estamos aqui para comemorar, mas valeu a pena a lutar. Que o próximo governo eleito legitimamente conduza um debate verdadeiro, sem postura enviesada sobre a situação da previdência. É bobagem colocar a demografia e o funcionalismo como bode expiatório da incompetência do poder público em gerir os recursos da previdência. O estudo da demografia é algo tão antigo como Roma e o servidor público não é o problema, mas sim a solução da previdência.

    1. Sabia que esse VAGABUNDO era FUNCIONÁRIO PÚBLICO!
      É por isso que fica aqui 24 horas por dia tentando derrubar o Governo Temer!
      A hora de vocês pagarem a conta chegou, malandragem!
      O povo brasileiro acordou, sabe muito bem quem causa o déficit pública e quem quebrou a Previdência!

  4. Tudo que político e mais os vadios lotados nesses gabinetes públicos, magistrados, procuradores, fiscais de renda, a turma que mama R$ 80 mil por mês no BNDES, mama R$ 150 mil por mês num cargo de gerente da Petrobras, mama R$ 40 mil na Eletrobras… não querem é a Reforma da Previdência!
    Político no Brasil não presta! Fazem política em prol do corporativismo de menos de 5% do total da população brasileira(funcionalismo público) em detrimento aos 95% restantes que ralam, se matam em pagar impostos e recebem 2,5 salários mínimos ou menos em média!
    Essa gente é a desgraça do Brasil! Vão levar todo um país para o buraco, para o fundo do poço!
    Brasil vai acabar como o RJ: falido e com o funcionalismo sem receber salário e o povo na miséria, sendo assaltado e assassinado no meio da rua!

  5. Ambos, o Baleia e o Montes, acabam de voltar da farra da viagem turística e agora precisam abocanhar mais algum pra pagar os contrabandos nem tão baratinhos que trouxeram na bagagem sem inspeção.

  6. Sem reforma da previdência os juros não baixam.
    Tudo para manter os privilégios dos funcionários públicos.

  7. Querem apostar como passa, Antagonistas? É só vcês torcerem contra para a “Praga do Antagonista” derrubar o que vocês querem. Mas esta demora e os problemas que terão de ser superados devem-se à maracutaia derrotada, exposta e desmoralizada de vocês, que fez a reforma ficar em banho-maria por cinco meses. Estão vendo agora no que dá apoiar cafajestes? Atrasos em reformar importantes para o Brasil e vexames enormes para vocês. Da próxima vez, ou pensem melhor antes de apoiar mutretas semelhantes ou escolham melhor os pilantras a quem apoiarão.

  8. Tá mais que na cara que não passa.
    Temer deveria deixar a proposta para análise e melhorias, inclusive incluindo judiciário e militares no mesmo regime, ou seja, INSS para TODOS !
    Vamos lá Temer, coragem !

  9. Qual o maior arrependimento de FHC ao deixar o governo, em 2002?
    .
    “A Reforma da Previdência.
    Porque hoje o maior problema das finanças públicas, e portanto da taxa de juros, é que o Estado é obrigado a gastar mais do que arrecada.
    Principalmente porque nós gastamos mais ou menos 75 bilhões de reais, que correspondem a 25% do Orçamento, para manter três milhões de pessoas, que são os funcionários públicos.
    Tentei muito pra resolver. Lamento não ter conseguido.”
    .
    youtu.be/veK6yanUxHU?t=44m15s

    1. FHC e um monte de servidores públicos de alto coturno, como seu pai intendente, se aposentaram, ou passaram à reserva, com proventos integrais, cedo na vida, produzindo “experimentos sociológicos” e “retiradas previdenciárias”, ora ensinando marxismo “cultural”, ora acumulando “capital” primitivo. É um pavão gramiscista de erudição acadêmica, todavia não científica. Essa campanha contra o serviço público como função do Estado é coisa de quem só conhece os barnabés bem aventurados e achacadores. Se o desconto previdenciário ficasse na mão do servidor, como salário, não seria detonado nos aconchambros fiscais. Reforma do Estado, com redução do número de servidores, revalidação periódica de concurso, moratória de novos concursos, extinção de ministérios etc, já dava uma economia imensa.

  10. Se fosse fácil, já teria sido feita. As resistências estarão sempre lá. As forças do atraso fazem seu papel.
    .
    Então vai do presidente mostrar suas habilidades e a força da caneta.
    .
    “A criação do Plano Real costuma ser lembrada como uma das maiores negociações políticas pelas quais o país já passou. Foram necessárias inúmeras reuniões com parlamentares, empresários e dentro do próprio governo até que se conseguisse passar todas as medidas que abriram caminho para a criação do real.”
    .
    http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2014/06/1473092-do-pt-ao-proprio-governo-plano-real-enfrentou-resistencia-para-aprovacao.shtml

  11. KKKKKKKKKKK chora bandido cobra dos sonegadores e do paradise papers tinha que punir é com prisao pois pobre se sonegar paga 200% do que deve parcelado eu ja sabia que essa deforma nao passaria até por que nao há déficit quem estudou um minimo direito tributario sabe que a previdencia é composta por diversos pilares o que acontece é uma ma gestao dos recursos auferidos por ela

Os comentários para essa notícia foram encerrados.