Disputa olímpica na Justiça

A Justiça Federal proibiu a União e o município do Rio de fazerem repasses para o Comitê Organizador da Olimpíada “até que seja dada ampla publicidade de todas as receitas e despesas” dos Jogos, informa o Estadão.

A decisão é da juíza Marcia Maria Nunes de Barros, que fixou multa diária de R$ 100.000 em caso de desobediência – leia o documento na íntegra.

Esta seria a Olimpíada da iniciativa privada, lembram?

Faça o primeiro comentário