Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Disputa pelo governo de SP racha base bolsonarista

Contrariando o presidente da República, ala ideológica trabalha pela indicação do ex-ministro Abraham Weintraub para o governo do estado
Disputa pelo governo de SP racha base bolsonarista
Fotos: Adriano Machado/Crusoé e Alberto Ruy/MInfra

A disputa pelo governo de São Paulo rachou a base bolsonarista no maior colégio eleitoral do país. A ala mais ligada ao escritor Olavo de Carvalho tem defendido a candidatura do ex-ministro da Educação Abraham Weintraub (foto, à esquerda); já o próprio presidente da República endossa o nome do ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas (foto, à direita).

Weintraub desembarca no final de semana no Brasil para intensificar suas articulações. Seu nome é defendido por deputados federais como Carla Zambelli (PSL-SP); a ala mais pragmática do PSL, representada por deputados como Coronel Tadeu, defende a decisão do presidente da República.

Na sua live semanal de ontem, Bolsonaro ratificou seu desejo de ter o ministro como governador do estado.

“Conversei com ele, que topou ser pré-candidato. É um tocador de obras. Vai fazer um trabalho semelhante ao meu. As dificuldades que tive no começou foram as pressões”, disse Bolsonaro, sobre Tarcísio de Freitas.

Integrantes da base ideológica do governo, porém, alegam que a declaração de Bolsonaro foi uma tentativa de atenuar o ímpeto de Weintraub e que não está descartada a possibilidade de o presidente ter dois palanques em São Paulo.

Mais notícias
TOPO
×
Oferecimento....