ACESSE

As divergências de Meirelles e Lula

Telegram

Henrique Meirelles disse que exigiu de Lula independência para aceitar o cargo de presidente do Banco Central no governo do chefão petista.

Em Brasília, no evento Diálogo UNECS, o candidato do MDB contou que houve divergência entre eles, mas que se posicionava assim diante delas:

“Presidente, nós temos um acordo de independência. Eu vou honrar o acordo. O senhor é presidente, tem o direito legal de fazer o que quiser, então pode me exonerar. Mas enquanto eu estiver aqui farei o meu trabalho independente.”

Meirelles então afirmou que ficou no cargo e gerou 10 milhões de empregos.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 3 comentários