A dívida bilionária das empresas que buscam o perdão

Telegram

As empresas que aderiram ao Programa Especial de Regularização Tributária (Pert), também chamado de novo Refis, devem R$ 1,18 bilhão em tributos correntes (que não entraram na renegociação das dívidas), informou a Receita Federal, segundo a Agência Brasil.

“O Fisco já enviou o aviso aos devedores e fará a cobrança este mês. De acordo com a lei que criou o programa, todos os tributos vencidos a partir de maio do ano passado, inscritos ou não na Dívida Ativa da União, precisam ser pagos para que o contribuinte não seja excluído do parcelamento especial.

O Pert abrange dívidas vencidas até 30 de abril de 2017.

Os contribuintes aderiram à renegociação com perdão parcial nas multas e nos juros. No entanto, a Lei 13.496, que instituiu o programa, estabeleceu a exigência de que todas as obrigações de contribuintes com a União após essa data estejam em dia. A inadimplência por três meses consecutivos ou seis meses alternados leva à exclusão do programa.”

Comentários

  • ZIROCA -

    NAO É PRECISO AUMENTAR IMPOSTOS. SIMPLESMENTE COBRA-LOS.

  • guinski_1@yahoo.com -

    É o nosso dinheiro e quem deve tem que pagar. Empresários incompetentes financiam políticos corruPTos. O brasileiro é quem paga a conta.

  • Fernanda -

    É galera, o carrapato ficou maior que o boi. As empresas simplesmente não conseguem mais pagar os impostos. Vamos ver agora quem vai sustentar esse Estado obeso.

Ler 9 comentários