Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

"Do jeito que foi, não vai ter mais", diz Kalil, sobre torcida nos estádios em BH

O prefeito da capital mineira afirmou que se sentiu desrespeitado quando viu que os protocolos sanitários não foram cumpridos
“Do jeito que foi, não vai ter mais”, diz Kalil, sobre torcida nos estádios em BH
Foto: Rodrigo Clemente/PBH

O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, criticou o comportamento do público ontem no Mineirão durante o jogo entre Atlético Mineiro e River Plate, pela Libertadores. Na partida, que marcou a volta da torcida aos estádios na cidade, os protocolos sanitários estabelecidos pela gestão municipal não foram cumpridos. Em entrevista à TV Globo, Kalil disse que não liberará mais jogos com a presença de público “nesse molde”. 

Do jeito que foi, não vai ter mais. Não tenho menor receio de voltar tudo pra trás. Estão enganados pensando que ‘porque é o Atlético ele não vai fazer nada’. Não vou fazer uma ova. […] Se era o evento teste, não passou e não vai acontecer de novo se for nesse molde. Mas podemos aprimorar”, afirmou Kalil, que foi presidente do clube antes de assumir a prefeitura de BH.

Ele também disse que se sentiu ofendido quando viu que as determinações da administração municipal não foram respeitadas.

“Foi um desrespeito com o prefeito de Belo Horizonte. O prefeito, burro que é, aceitou que eles iam cumprir.”

A partida entre Flamengo e Olímpia, disputada ontem pela mesma competição, também teve a presença de público. O jogo ocorreu no estádio Mané Garrincha, em Brasília.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO