Documentos mostram depósitos em conta na Suíça gerida por filha de Serra

Telegram

A PGR anexou documentos enviados ao Brasil por autoridades suíças ao inquérito que investiga supostos pagamentos feitos pela Odebrecht para José Serra, informa O Globo.

Os documentos mostram que a offshore Circle Technical Company, já mencionada por delatores da Odebrecht como repassadora de propina, fez repasses de 400 mil euros a uma conta na Suíça que tinha entre os administradores Verônica Serra, filha do senador tucano.

O dinheiro teria sido usado em campanhas de Serra.

Em nota ao jornal carioca, o senador disse rejeitar a possibilidade de haver qualquer ilegalidade envolvendo o nome de sua filha e reafirmou que jamais recebeu nenhum tipo de vantagem indevida ao longo de sua vida pública.

 

Comentários

  • Acme -

    Sempre soube que a tal veronica estava no centro do furacão Cerra! O mercado libre é a maior muambeira e ninguem faz nada!

  • Eu -

    Esse é eleitor de Alexandre Frota. Deve ser fã de seus filmes "educativos".

  • virus -

    Mas não vai dar em NADA, pois Moro está em Curitiba e, Bretas no RJ...em Sampa ainda não tem um Juíz de verdade...

Ler 85 comentários