ACESSE

Dodge contesta mais uma manobra de Lula

Telegram

Raquel Dodge pediu a Edson Fachin para negar mais um pedido de Lula para suspender a ação penal na qual é suspeito de receber como propina da Odebrecht um imóvel para sediar seu instituto, que está praticamente pronta para ser julgada por Luiz Antonio Bonat.

Há meses, a defesa arrasta o processo sob o pretexto de obter dados sigilosos do acordo de leniência da Odebrecht. Em junho, Fachin mandou liberar as informações.

Mas a defesa agora quer parar tudo no STF, por tempo indefinido, com a desculpa de querer analisar toda a papelada. Dodge disse que um tempo adicional pode ser pedido a Bonat.

“Acolher o pedido do reclamante, no ponto, importaria indevida supressão de instância, furtando do juiz natural da causa a possibilidade de dirimir a controvérsia”, escreveu a procuradora-geral.

 

O relógio com a contagem regressiva para a soltura de Lula se aproxima do zero. CONFIRA

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 46 comentários