Dodge contra o Escola Sem Partido

Telegram

Em seu último dia na PGR, Raquel Dodge apresentou nova ação ao Supremo que busca suspender toda e qualquer norma que promova “vigilância e censura” sobre professores.

O alvo são leis municipais e estaduais inspiradas no movimento Escola Sem Partido que proíbem doutrinação política e ideológica sobre alunos de ensino fundamental e médio.

Escreveu na ação que leis do tipo implicam em “restrição desproporcional à liberdade de expressão docente, revelando-se como uma medida excessiva e desnecessária para tutelar a liberdade de consciência dos alunos”.

Comentários

  • julio -

    Essa foi tarde. Estamos livres de mais um câncer.

  • gilberto -

    Atitude típica dos covardes: no último minuto despejam maldades que não tiveram coragem de fazer, vide Lula e o criminoso italiano.

  • DAISY -

    Raquel Dodge está se vingando por não ter sido reconduzida ao cargo, vomitando maldades até o último instante.

Ler 85 comentários