Dodge quer Geddel na 1ª instância

Raquel Dodge enviou ao STF manifestação em que defende desmembrar as investigações sobre Geddel Vieira Lima no caso do “bunker” dos R$ 51 milhões.

Se o relator Edson Fachin seguir a linha de Dodge, a apuração sobre o ex-ministro de Lula e Temer retorna à primeira instância –a de Lúcio Vieira Lima, deputado e irmão de Geddel, continuaria no Supremo porque ele tem foro privilegiado.

Geddel, preso há pouco mais de um mês, está na Papuda. O MPF espera a decisão sobre o desmembramento para oferecer denúncia contra o ex-ministro e o advogado Gustavo Ferraz, preso no mesmo dia.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

  1. Perfeito Dodge ! Entreguem ele para um juiz de verdade da primeira instância como Moro ou Bretas. Ele vai explicar rapidinho como se tornou um banqueiro paralelo e ilegal, de quem recebia e para quem entregava. PMDBistas, quadrilheiros de plantão, suas batatas estão assando. Tinha que ser feita uma busca urgente em todas as propriedades da família do gordo. Temos que acabar com todos os apartamentos funcionais que servem para todo tipo de ilícito; temos que acabar com esta imunidade que transforma apartamentos em embaixadas. Eles se transformaram em covil de bandidos, mafiosos e criminosos.

  2. Ler mais 10 comentários
    1. Perfeito Dodge ! Entreguem ele para um juiz de verdade da primeira instância como Moro ou Bretas. Ele vai explicar rapidinho como se tornou um banqueiro paralelo e ilegal, de quem recebia e para quem entregava. PMDBistas, quadrilheiros de plantão, suas batatas estão assando. Tinha que ser feita uma busca urgente em todas as propriedades da família do gordo. Temos que acabar com todos os apartamentos funcionais que servem para todo tipo de ilícito; temos que acabar com esta imunidade que transforma apartamentos em embaixadas. Eles se transformaram em covil de bandidos, mafiosos e criminosos.

    2. Estava demorando essa promotora Raquel dodge, é pau mandado, foi nomeada por temer, poderia se esperar por outra coisa.intervencao militar já. lula na cadeia já intervenção militar já general Mourão neles.

    3. Quando nós pobres leigos do Direito Constitucional já sabemos qual será o resultado do julgamento e quais os ministro do STF que irão votar contra e a favor no julgamento ,é porque a criminalidade tomou conta de todos os poderes da Republica.

    4. Congratulações, Dra. R. Dodge. A PGR agora está sob direção lúcida, competente e responsável. Doa a quem doer. Ah, se por acaso a Senhora se deparar com alguma “frechinha” caída atrás de algum armário, mande o faxineiro atirá-la direto no lixo.