ACESSE

Dodge diz que autoridades da Argentina obstruíram a Lava Jato

Telegram

Raquel Dodge afirmou que autoridades públicas da Argentina obstruíram um inquérito da Lava Jato e dificultaram a tomada de depoimentos de suspeitos no país, publica a Época.

Em manifestação sigilosa, enviada ao ministro Edson Fachin, a PGR classificou o caso como “embaraço nos atos de cooperação jurídica internacional” e apontou que os personagens “preferem se escudar em embaraços de ordem procedimental”.

O caso envolve suspeitas de pagamentos de propina a Nestor Cerveró, a políticos do MDB e a autoridades argentinas em razão da venda da participação da Petrobras na empresa argentina Transener.

Moro enfrenta percalços da política e sabotagem do Congresso. CONFIRA

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 22 comentários