Dodge exclui procuradores de Curitiba de definição de dinheiro da Petrobras

Telegram

Foi tenso o primeiro encontro de Raquel Dodge com procuradores da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba após a ação contra a fundação privada que iria gerir até R$ 2,5 bilhões, relata Vinícius Sassine em O Globo.

Na reunião, realizada anteontem, a PGR afirmou aos procuradores que um encaminhamento sobre o destino do dinheiro partirá dela, e não da força-tarefa no Paraná, em razão da judicialização do caso.

Dodge argumentou com os integrantes da Lava Jato que eventuais decisões e articulações em primeira instância poderão ser inócuas, uma vez que o caso está no Supremo.

Comentários

  • Gerson -

    Essa Fundação privada é uma loucura...

  • Daisy -

    Então a RESPONSABILIDADE em gerir os recursos - transferidos pelo Ministro CENSOR Alexandre de Moraes para uma aplicação que rende menos - também será da PGR.

  • Júlio -

    Dinheiro é uma mer- da, tem muita gente de olho nessa grana e isso não é bom. O americano deveria ficar com essa grana lá, aqui não é confiável.

Ler 71 comentários