Dodge garante cargo para chefe de gabinete

Telegram

Prestes a deixar o cargo, Raquel Dodge requisitou a procuradora Mara Elisa de Oliveira Breunig, sua chefe de gabinete, para atuar por um ano como “membro auxiliar da Comissão da Infância e Juventude”.

Breunig não tem expertise na área e a função deveria ser ocupada por promotor de Justiça. Mas nada disso importa, desde que ela não precise voltar para o interior de Pernambuco.

Comentários

  • Canuto -

    Se ela prestasse, não teria sido indicada ao Temer por Gilmau Laxante.

  • Md1965 -

    Raquel é sapatão? Perguntar não ofende

  • Junio -

    Mandei essa mulher cair fora. Raquel nao teve dor de crianças e aprova nas escolas esa coisa toda de Gênero. Elas nao tem a mínima capacidade de fazer algo por crianças. FDP

Ler 30 comentários