Dodge pede arquivamento de investigação sobre o PP

Raquel Dodge disse não ter encontrado provas de um repasse de R$ 2,7 milhões a sete deputados do PP, incluindo o líder do governo na Câmara, Aguinaldo Ribeiro, nas eleições de 2010.

A PGR pediu a Edson Fachin que a investigação contra eles seja arquivada. Fachin é o relator do inquérito, com origem na Lava Jato, que investiga supostos pagamentos da Queiroz Galvão a membros do partido.

O pedido de Dodge também beneficia Mário Negromonte Júnior, Eduardo da Fonte, Waldir Maranhão (que se transferiu para o PSDB), Simão Sessim, Roberto Balestra e Jerônimo Goergen.

“Nada impede, entretanto, a retomada das investigações caso surjam novas evidências sobre os fatos”, ressaltou a PGR.

 

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 12 comentários
  1. As Lava Jato de Brasília e SP nunca vai chegar a ser igual as Lava Jato de Curitiba e RJ. Não é a primeira vez que Janot e Raquel arquivam investigações.
    A impressão que passa é que em Brasília não há FORÇA-TAREFA.

  2. Dra. Raquel, o Brasil do bem confia na senhora e nos ministros honestos do STF. Por favor, olhe direito pois este PP é o PARTIDO da PROPINA, o único que tinha 100%, ou seja, TODOS os políticos envolvidos em corrupção.
    Os brasileiros do bem estão com a senhora para que possamos prender os RATOS.

  3. O PT comprou toda a base aliada com Ministérios com “porteira fechada”, diretorias e altas gerências em estatais, em bancos públicos, em agências reguladoras, em órgãos públicos, em secretarias de governo, em fundos de pensão, em universidades públicas.
    Quando o Estado brasileiro não conseguiu ficou pequeno para tanto VAGABUNDO, o Governo do PT criou mais Ministérios, mais Secretarias, mais estatais(ex: TREM-BALA!), mais universidades, criou o MCMV, soltou as rédeas do BNDES, do BB, da CAIXA e triplicou os gastos públicos, fazendo obras superfaturadas no Brasil e no exterior.
    Todo mundo sabe como funciona a “DEMOCRACIA de COALIZÃO” no Brasil! É assim desde a redemocratização!
    O MPF, a PF, a PGR… não acabaram com isso porque foram devidamente APARELHADOS pelo PT!


  4. Arquive-se a República Tabajara.

    Vá há pouco duas Chevrolet c/ Air Conditioned, janelas fechadas, com os dizeres:

    >>> DELEGACIA DE PROTEÇÃO AO MEIO AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE DA BANDIDAGEM GENERALIZADA.

    Eu, confesso, não entendi NADA !!!
    ….

  5. Essa Sra., Dra. Dodge, também é caso de hospício. Parece uma biruta, uma bipolar, uma metamorfose ambulante, atira para tudo quanto é lado. Só ela não consegue enxergar virtudes nesse PP e demais beneficiados. Minha dificuldade é em determinar qual dessas V.Exas. em questão é a mais desvirtuada.

  6. Pois é, e quem fez a delação premiada e não conseguiu provar nada, não sofrerá qualquer represália por parte da PGR e do MPF?
    Se isso acontecer, dá para colocar a credibilidade de parte da Lava Jato, da PGR e do MPF em dúvida, sinto muito em dizer isso!
    Delação “premiada” para quem pagou e delatou e com a pena reduzida e os bandidos da política inocentados e livres para continuar os saques aos cofres públicos, Ministérios e estatais.
    Ou seja, os vagabundos entram com a PI–RO–CA DURA SEM VASELINA e o povo brasileiro entra com o RA–BO!
    Como é que fica, Dona Dodge?

  7. Essa bandida, mostrou para o que veio! Indicada e com encontros fora da agenda, não era de se esperar não é? A sua hora também chegará criminosa! De todos vocês