Dodge veta celulares

Lauro Jardim informa que a turma de Raquel Dodge na PGR já começou a negociar delações premiadas, mas com precauções evidentes para nada vazar.

Os advogados têm de deixar os celulares do lado de fora das salas de reuniões.

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

  1. Qual tipo de informação Dodge está tentando impedir de ser vazada: detalhes das delações ou acordos imorais?
    Ainda bem que muitos são os meios de vazar informações… não há necessidade de gravadores, celulares, câmeras… basta ouvidos e pessoas.

Ler mais 42 comentários
  1. Qual tipo de informação Dodge está tentando impedir de ser vazada: detalhes das delações ou acordos imorais?
    Ainda bem que muitos são os meios de vazar informações… não há necessidade de gravadores, celulares, câmeras… basta ouvidos e pessoas.

  2. Todo Apoio a Lava Jato (PF, MPF e Juízes Federais)!
    Espero que a PGR faça um trabalho TÉCNICO e isento de ideologia partidária. Doa a quem doer. Pagamos a conta, queremos respeito e eficiência implacável na defesa do Estado!CorrupçãoBASTA!

  3. O ministro da defesa propôs a instalação de parlatórios nos presídios, para que presos e advogados não possam ter contato direto. Por que será? Advogados são os profissionais mais éticos , dos quais ninguém desconfia. A oab gritou EPA! E agora a procuradora geral da república pede aos advogados que deixem seus celulares do lado de fora da sala. Que injustiça! O que será que o dojão do temer tem contra os advogados? Que desconfiança infundada é esta? EPA OPA!!!!!

  4. Existem tantos outros dispositivos de espionagem e para gravação de áudio e vídeo que são facilmente adquiridos pela internet, que deixar os celulares de fora nada resolve vazamentos.

    A preocupação da PGR é uma só:

    Não vazar nomes de ministros CORRUPTOS e PROPINEIROS do Supremo Tribunal Federal.

    Que as F O R Ç A S A R M A D A S prendam todos esses vagabundos.

  5. O celular fica do lado de fora né? Mas os ouvidos/olhos vão juntos né? É o que basta, quando interessa se aos advogados eles contam o que se passou. Não tem como esconder, a luz do sol é o melhor remédio contra o mofo. Tudo as claras já!

  6. A carência do Brasil é de arte de qualidade! O PT ama e venera a indústria cultural. Cultura de massas.
    Sobretudo a música atual ruim.
    O “algo mais” do PT na arte e na cultura:
    O PT detesta a cultura popular e a erudita ao mesmo tempo.
    O PT não é uma esquerda esclarecida. Nunca será.
    Bom, Yamandu Costa é música de grande qualidade. Não tem nada a ver com o PT, ok?
    Inclusive música pra poucos brasileiros (por ser complexa), ou seja:
    de “elite”. Assim como Machado de Assis, Villa-Lobos são arte de elite, sim.
    O mesmo Dostoievsky. Elite honrosa.
    Não se trata do lixo bem tragável de Q o PT gosta, venera, ama e adora, não.
    E, por outro lado, o bem centrado MBL [Mov. Brasil Livre] em
    seu papel empírico, em 2016 faz jus ao nome dessa sigla, certo?
    A diminuição do poder vigarista do PT com a saída de Dilma em 2016, — mesmo c/Lula solto hoje –, foi fortemente permitido devido ao MBL.
    Empírico, corajoso e pragmatista, o Arthur do “Mamãe Falei” ajudou bastante a desconstruir o discurso ideológico do PT através do método socrático. MBL e o Arthur lutam contra o lixaço do PETISMO.

  7. Tem que ficar esperta… Ninguém grava Gilmar , Toffoli , Levandowhisky ,…. Provavelmente eles tem um sistema antigrampo , normalmente” enfiado” em lugar seguro ; reparem que tem dado resultado .

    1. Vai ver o GM coloca o sistema na boca, por isso daquela bocarra. Já o Tóffoli, percebo que seu andar mudou de uns dias para cá, parece k-h-do… será que está “lá”? Já o Lewandowski, sumiu do noticiário… p q???

  8. Só tenho um recado para Dona Raquel: o Janot sai da PGR mas a PGR não sai do Janot. OBS: Não defendo nem um nem outro, mas só o fato de o Janot ter encarado de frente o PMDB, temos que reconhecer, sujeito de muita coragem. Merece respeito.

    1. Senhor Arcturium , PETISTA BURRO 3 em 1.
      ENCARAR SÓ PODE SER DE FRENTE.
      Ou o senhor já viu alguém encarar alguém com a BUNDA, hein ?????
      AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

    2. Mas o Janot era coordenador geral da Lava Jato e apoiou com todas as forças de Curitiba tanto é que o Lula está acabado. A atuação do ex PGR estava mais concentrado naqueles casos com fôro privilegiado que tem o STF como guardião.

  9. Dra. Dodge e a PGR precisam se atualizar mais sobre as novas tecnologias à disposição de investigadores, policiais, detetives particulares e arapongas diversos. Hoje em dia, aparelhos disfarçados de um aro de óculos ou um botão de camisa, por ex., podem filmar e gravar o que se quiser e com ótima qualidade.

    1. A tecnologia sempre existiu, a questão é o atrevimento. Não é fácil botar um gravador e entrar numa sala se não for “do ramo”. Isso exige treinamento, sangue frio, e em certos casos falta de moralidade mesmo. Nem preciso entrar em detalhes. Mesmo com toda a promiscuidade rondando o planalto e Brasília, ainda assim, isso é para poucos.

  10. À luz da sofreguidão com que ele noticiou a “delação” de Joesley Safadão sem checar o conteúdo, Antagonistas, e depois dela ter virado vexame monumental para o Janot, para ele e para quem nela acreditou, vocês não acham que Lauro Jardim deveria abster-se por uns tempos de fazer quaisquer comentários sobre delações, premiadas ou não? É só uma pergunta…

    1. Tem um monte aqui disfarçado, um monte de jornalista e gente da mídia esquerdalha tentando desinformar neste blog. Sei que não funciona pois quem vem aqui já está em outro nível, mas eu vou desmascarar um a um. Hoje eu peguei 2, o Leandro Karnal (Ghost Writer do Mainardi) e você. Falta pegar o PHA, o GGN, o RA, um monte… essa galera mais extremista querendo transformar o Brasil em um Comunistão.

    2. Emílio, Eugênio e Arcturian: 1) A ladainha do Janot mal começou- Aguardem o que ainda vei ser revelado sobre o pilantra: 2) Se as mimhas perguntas ficam sem resposta é porque devem ser incômodas; 3) Não sei em que o residir em Lisboa me impede de comentar. Eu também quero ver corruptos na cadeia, mas segundo a lei, que é como tem que ser. E eu me banco. Adeus.

    3. Ô “de Lisboa”, sua retórica é sempre a mesma: desconstruir Janot. Devia ler meu comentário acima. Você tem que estar perto do povo para entender de fato o que o Brasil pensa do Janot. Ele não é santo, ninguém está esperando isso, mas que prestou um ótimo serviço ao país, mesmo por linhas tortas, não há dúvida. O brasileiro médio não quer condenar o Janot, quer ver corruptos na cadeia, sem exceção. Portanto, você deveria falar do trecho em que o seu presidente (quem provavelmente está te bancando aí em Portugal) deixa de ser republicano.