ACESSE

Dono da Dolly deixa prisão

Telegram

Laerte Codonho, dono da Dolly, foi solto na noite de ontem pela Justiça de São Paulo.

Codonho estava preso há 8 dias acusado de organização criminosa, lavagem de dinheiro e fraude fiscal.

Segundo as investigações, o dinheiro desviado nos últimos 20 anos com a fraude é estimado em R$ 4 bilhões.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 36 comentários