Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Dono da Precisa nega ter falado com Ricardo Barros sobre MP que liberou Covaxin

Mudança em medida provisória emplacada por Ricardo Barros permitiu que a Anvisa autorizasse a importação especial de vacinas indianas contra a Covid
Dono da Precisa nega ter falado com Ricardo Barros sobre MP que liberou Covaxin
Foto: Pedro França/Agência Senado

O dono da Precisa Medicamentos, Francisco Maximiano, disse há pouco que não manteve contatos com o líder do governo na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR), para discutir detalhes da medida provisória que facilitou a importação da Covaxin.

Apesar de admitir que a Precisa Medicamentos foi beneficiada com a medida, ele declarou que não procurou Barros para falar sobre a MP. “Não houve absolutamente nenhum contato com Ricardo Barros”, disse Maximiano.

Como mostramos, uma emenda apresentada pelo líder do governo Bolsonaro na Câmara, durante a tramitação da medida provisória que facilitou a compra de vacinas contra a Covid abriu caminho para que a Anvisa autorizasse a importação de imunizantes aprovados pela agência sanitária da Índia.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO