Dono de corretora é preso no Rio

Em desdobramento da Lava Jato no Rio de Janeiro, a Polícia Federal prendeu na manhã de hoje o empresário João Paulo Julio de Pinho Lopes, responsável pela corretora Advalor.

Ele é suspeito de participar da lavagem de dinheiro de propina a agentes públicos.

Pinho Lopes foi apontado como responsável pelos crimes em delação premiada do ex-subsecretário de Transportes Luiz Carlos Velloso.

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 17 comentários
  1. Estes ministros do STF que coloquem as barbas de molho se der bolsomito, pois a população está a exigir justiça e o bolsonaro será cobrado pelo povo para que tome uma atitude drástica e ele terá que

  2. Manhã agitada na residência do corretor ; Amor , a PF tá me levando , telefona rápido, essa hora ELE ainda tá em Brasília . Fala que eu sou do esquema do Barata e do Cabral. Te amo…

  3. Se nao tiver dinheiro pra pagar um HC do Beiçola, vai ficar na cadeia! Alias… Quando descobrirem as contas secretas e os laranjas, vamos saber se o beiçola eh milionário ou BILIONÁRIO?