ACESSE

Doria a Bolsonaro: "O senhor não vai afrontar a democracia no Brasil"

Telegram

Em coletiva, João Doria afirmou que Jair Bolsonaro não vai “afrontar a democracia no Brasil”.

O governador de SP comentava a ameaça que o presidente fez a um jornalista de O Globo, no domingo (23).

“Presidente Jair Bolsonaro, eu tenho a obrigação de lhe dizer, como filho de um deputado cassado pelo golpe militar de 1964, vítima da ditadura militar, que nem o senhor nem ninguém vai afrontar a democracia no Brasil, vai amedrontar ou emparedar jornalistas ou veículos de comunicação sérios do nosso país. A democracia, presidente Bolsonaro, é mais forte que o senhor. Ela já resistiu a outras ameaças e resistirá ao senhor também, com o seu ímpeto de flertar com o autoritarismo. São Paulo e eu, em especial, estaremos sempre ao lado da democracia, da verdade e da liberdade de imprensa.”

E completou:

“Eu não me lembro, ao longo da minha existência, de nenhum presidente da República que tenha dito isto frontalmente a um jornalista de que gostaria de agredi-lo e esmurrá-lo fisicamente. É uma posição lamentável e triste para alguém que ocupa da Presidência da República do Brasil.”

Leia mais: A 'Crusoé' investigou a relação entre o advogado de Jair Bolsonaro e a JBS por meses. E encontrou as digitais do presidente e do procurador-geral da República

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 63 comentários