Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Doria acusa Saúde de desabilitar mais de 3 200 leitos de UTI em SP por 'viés político'

Doria acusa Saúde de desabilitar mais de 3 200 leitos de UTI em SP por viés político
Reprodução/Governo do Estado de São Paulo/YouTube

João Doria acusou nesta sexta (5) o Ministério da Saúde de desabilitar mais de 3 200 leitos de UTI em São Paulo dedicados a pacientes com Covid-19 por “viés político”.

“É uma denúncia”, disse o governador. “O Ministério da Saúde desabilitou 3 258 leitos de UTI Covid (sic) em São Paulo. Volto a repetir: o Ministério da Saúde, em plena pandemia, numa das fases mais difíceis da segunda onda da pandemia, desabilitou 3 258 leitos de UTI em São Paulo. Apesar do agravamento da pandemia de [novo] coronavírus, houve uma drástica redução de leitos de UTI exclusivos para o tratamento de pacientes da Covid-19 financiados pelo Ministério da Saúde”.

“O Ministério da Saúde quebra o pacto federativo ao impor a São Paulo a desabilitação de 3 258 leitos”, acrescentou, “e estabelece claramente um viés político no comportamento do Ministério da Saúde no enfrentamento de uma crise gravíssima de saúde como essa”.

Doria anunciou que vai recorrer ao STF contra a decisão do Ministério da Saúde.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO