Doria cobra reação do Congresso contra Bolsonaro

Doria cobra reação do Congresso contra Bolsonaro
Reprodução/Vimeo/Governo do Estado de São Paulo

João Doria falou hoje em genocídio, ao comentar a declaração de Jair Bolsonaro que responsabilizou o governo do Amazonas e a prefeitura de Manaus pelo colapso no sistema local de saúde.

“Li uma manifestação do presidente Jair Bolsonaro dizendo ‘fiz tudo o que estava ao meu alcance, o problema agora é do estado do Amazonas e da Prefeitura de Manaus’. Inacreditável. Inacreditável. Em outro país isso talvez fosse classificado como genocídio. É um abandono aos brasileiros”, disse o governador de São Paulo, em entrevista à imprensa.

Depois, cobrou do Congresso e da sociedade uma reação contra o presidente.

“O negacionismo dominando o país no governo federal. Um mar de fracasso, colocando como vítimas milhares de brasileiros que perderam a sua vida e outros milhares que podem perder. Está na hora de termos uma reação a isso. Da sociedade civil, dos brasileiros, da população do Brasil, da imprensa, do Congresso Nacional de quem puder ajudar. Ou vamos assistir a isso? Ou vamos assistir a isso por meses e achar que é isso normal, que faz parte e que a ideologia do negacionismo é aceitável?”

Leia mais: A causa desse desgoverno é política, como mostra a Crusoé desta semana.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO