Doria decide não chutar o Baldy e prorroga sua licença

Doria decide não chutar o Baldy e prorroga sua licença

João Doria acolheu pedido de Alexandre Baldy e decidiu prorrogar por mais 30 dias a licença dele da Secretaria dos Transportes Metropolitanos para se defender de uma denúncia de corrupção feita pela Lava Jato.

No início de agosto, Baldy foi preso pela força-tarefa da Lava Jato no Rio, acusado de receber R$ 2,6 milhões de propinas em contratos públicos no período em que foi secretário estadual em Goiás e ministro das Cidades de Michel Temer.

O secretário de Doria foi solto dois dias depois graças a uma liminar de Gilmar Mendes.

LEIA AQUI a reportagem de Fabio Leite na Crusoé.

Leia mais: CENSURA À IMPRENSA: O EXEMPLO QUE VEM DO SUPREMO
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 16 comentários
TOPO