Doria diz estranhar decisão monocrática no afastamento de Witzel

Doria diz estranhar decisão monocrática no afastamento de Witzel
Foto: Governo do Estado de São Paulo

João Doria chamou de “no mínimo estranha” a decisão monocrática de Benedito Gonçalves, ministro do STJ, que afastou Wilson Witzel da chefia do governo do Rio de Janeiro por 180 dias.

“Uma decisão como essa, ao meu ver, dada a sua importância e dimensão, deveria ser adotada por um colegiado, e não por um único juiz”, afirmou o governador de São Paulo.

“Não estou aqui para fazer juízo de valor nem juízo de mérito, mas defendo sempre que investigações e esclarecimentos de denúncias sejam feitos”, acrescentou o tucano.

Leia mais: O erro dos governadores na pandemia. Clique aqui para ler mais
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 61 comentários
TOPO