Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Doria culpa Bolsonaro por possível interrupção de produção de Coronavac

O governador disse que o Instituto Butantan está prestes a interromper a produção da vacina
Doria culpa Bolsonaro por possível interrupção de produção de Coronavac
Foto: Governo do Estado de São Paulo

O governador de São Paulo, João Doria, disse que o Instituto Butantan está prestes a interromper a produção de Coronavac por causa de atrasos na entrega de insumos chineses.

Ele sugeriu que a retenção do material no país asiático se deve aos recentes ataques feitos por Jair Bolsonaro.

Na semana passada, o presidente disse que o coronavírus poderia ter sido criado em laboratório.

É um problema diplomático, um problema que se dá pelas manifestações sucessivas erráticas e desnecessárias pelo governo federal, do presidente Jair Bolsonaro, seus filhos e seus ministros“, disse Doria durante a entrega de 1 milhão de doses da Coronavac ao Ministério da Saúde nesta quarta-feira (12).

Atualmente, há um lote de 10 mil litros de IFA suficiente para a produção de apenas 18 milhões de doses.

“Ainda não temos a liberação desses insumos, o que nos deixa muito preocupados, pois estamos chegando ao final da entrega, na próxima sexta-feira, das doses com os insumos que recebemos 17 dias atrás. Se não recebermos mais insumos, teremos que parar a produção por falta de insumos.”

Com a entrega desta quarta-feira, o Butantan conclui a primeira remessa de 46 milhões de doses repassadas ao Ministério da Saúde.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO