ACESSE

Doria: "A maioria entenderá que atendi a um chamado do meu partido"

Telegram

A suspeita de que João Doria espere uma brecha para se viabilizar na disputa presidencial é recorrente no tucanato paulista, mas o prefeito nega.

“Na campanha vamos ajudar Geraldo Alckmin na sua caminhada para chegar à presidência”, disse Doria à Folha.

Para ele, a reação negativa do eleitorado paulistano à sua eventual renúncia depois de um ano e três meses de mandato é compreensível.

“Mais a frente, porém, a maioria entenderá que atendi a um chamado do meu partido para que as conquistas alcançadas no estado de São Paulo ao longo de 24 anos de governo do PSDB sejam preservadas.”

Comentários

  • Fabio -

    Faz campanha dizendo não ser politico e sim gestor, ganhou e agora vem com esse papo de politico padrão, eu torcia por um bom desempenho do Doria na prefeitura mas sinceramente espero que ele caia do cavalo agora nesse eleição e de preferencia nem volte pra prefeitura, desista Doria, você não tem palavra!

  • Sem -

    Como todo politico, nojento e corrupto, diria atendera o chamado do partido e P A U NO C U do eleitor que votou nele. MAIS UM SAFADO! VAZA.

  • Luis -

    Nica nica Dória. Votamos em você para acelerar São Paulo e V. Exa. não revogou as medidas bolivarianas de Fernando Haddad, como ciclofaixas, faixas de ônibus, redução de velocidade, etc. Não vai ganhar nosso voto não!!!

Ler 65 comentários