Doria nega fechamento de ambulatórios

João Doria foi ao Facebook negar o fechamento de AMAs (Assistências Médicas Ambulatoriais) em São Paulo, que seu colega de partido e adversário José Serra chamou de “monstruosidade”.

As AMAs haviam sido implantadas por Serra em sua passagem pela prefeitura, em 2006.

A gestão Doria já alegara que a implantação das UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) pelo Ministério da Saúde, a partir de 2007, tornou as AMAs desnecessárias à estrutura do SUS e que a ideia é transformar AMAs em UPAs.

Hoje, Doria chamou de “fake news” as notícias sobre o fechamento das AMAs e disse que a informação está sendo divulgada “de forma incorreta e maldosa por algumas pessoas”.

Este foi mais um capítulo da interminável série “Fogo Amigo Tucano”.

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 14 comentários
  1. Ele está fechando várias AMAS da noite para o dia e jura que não, para quem era gestor, aprendeu a ser político rapidinho! Terá inclusive uma audiência pública no dia 27 para discutir o que esses palhaços querem fazer na saúde de SP. Querem copiar um modelo canadense que não faz nenhum sentido para o SUS e muito menos para uma cidade como SP! Doria é um mentiroso!

  2. Quer dizer que o Senador José Serra, ex-presidente e senador do PSDB, a sua agremiação prefake Dória, produz FAKENEWS? Um político com princípios, honradez, que só trabalha com a verdade não fica em partidos que produzem FAKENEWS. – O SENHOR VAI SAIR DO PDSB PREFAKE JOÃO DÓRIA?

  3. Não é fogo amigo porr@ nenhuma.Ele ia fechar sim,mas em função da reação voltou atrás.Seu secretário de saúde fala muito e age pouco.Cadê a decantada e tão falada integração com o estado?O estado detém em torno de 15000 leitos hospitalares em SP e o município em torno de 5000.Como resolver fila de cirurgia sem ação conjunta?Cadê os hospitais da Brasilândia e Parelheiros,extremamente necessários?Cadê a contratação de profissionais da saúde?UPA em determinadas regiões de SP é desvio de grana e de finalidade.Ah e eu AINDA sou filiada ao PSDB mas não perdi a capacidade de me indignar e criticar.

  4. Sou Bolsonaro, Xô PSDB, mas não duvido nada que quiseram fritar Doria novamente.
    Em proporção diferenciada mas ambos são fritados na imprensa e Doria, dentro do tucanato comunista.

  5. Ao ouvir do pré-candidato ao governo de SP José Aníbal que ele não tem R$ 45 mil para pagar a taxa de inscrição que lhe permitirá participar das prévias, o presidente do PSDB no Estado, Pedro Tobias, recomendou que ele vendesse dois vinhos de sua adega. Aníbal desligou o telefone.