ACESSE

Dorialândia, uma terra bárbara (no sentido romano)

Telegram

João Doria decidiu que os bares poderão ficar abertos até 22h nas cidades do estado de São Paulo que estão na tal fase amarela da quarentena, com todos os clientes sentadinhos e fazendo distanciamento social.

Bastaria que Doria andasse alguns metros, a partir da sua casa no Jardim Europa, para verificar que a sua “fase amarela” é uma peça de ficção na capital do estado. Os bares e restaurantes botam gente na rua, sem máscara, e todo mundo fica aglomerado.

Nos fins de semana, principalmente, o horário de fechamento das 17h vem sendo praticamente ignorado, assim como o das 22h vai ser também.

Para quem o cidadão preocupado e indignado pode reclamar? Para ninguém. Só trouxas ficam esperando ser atendidos ao ligar para a prefeitura.

A Dorialândia é uma terra bárbara, no sentido romano do termo.

Leia mais: Sócios no desastre: a responsabilidade dos governadores na pandemia. Clique aqui para ler mais

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 50 comentários